Eu escrevi isso… eu não escrevi isso… agora escrevo outra coisa… | SciELO em Perspectiva

Eu escrevi isso… eu não escrevi isso… agora escrevo outra coisa… | SciELO em Perspectiva: Por Ernesto Spinak Imagem: Kreativkolors / Freepik. Diferentemente do revisionismo histórico onde “o passado resulta ser imprevisível”, assume-se que a pesquisa científica se constrói sobre revisões cumulativas e é o futuro que se apresenta imprevisível. A sociedade espera que o conhecimento científico seja baseado em pesquisas confiáveis e resultados críveis, conduzidos por equipes de profissionais regidos por códigos de ética e protocolos experimentais provados. É característica do conhecimento científico a capacidade de predizer resultados. É lógico esperar que novos descobrimentos modifiquem conhecimentos anteriores, os ampliem e inclusive, às vezes, os refutem completamente. Está na mecânica das coisas. Nos processos de pesquisa pode-se produzir erros, ou oferecer-se resultados incompletos ou sem a precisão necessária, ou cujas conclusões não estão devidamente fundamentadas. A pressão por publicar e determinar prioridades nos resultados muitas vezes conspira contra a maior

Postagens mais visitadas